11 99231-6498
Language:
Apresentação
11 99231-6498
SIGA-NOS

Publicações 2022

Itu nas comemorações da Semana de Arte Moderna de São Paulo - 1922

Teto da Igreja de N.S.do Carmo, em Itu, pintado pelo Padre Jesuino do Monte Carmelo.
Para celebrar o Centenário da Semana de Arte Moderna de São Paulo, de 1922, o Museu AfroBrasil promoverá a exposição “Arqueologia Amorosa de São Paulo” que terá um módulo especial sobre o Padre Jesuino do Monte Carmelo aos olhos de Mário de Andrade, cujas obras de arte foram deslocadas da Estância Turística de Itu para São Paulo.
 
A exposição, que será aberta no próximo dia 25 de janeiro às 12 horas, no Museu AfroBrasil, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, com entrada livre, apresentará o tema de como Mário de Andrade criou o Padre Jesuíno no contexto pioneiro e preservacionista do IPHAN-SP com um trabalho que soma pesquisa científica e criatividade literária.
 
A curadoria é dos ituanos  Profª Drª Maria Silvia Ianni Barsalini e Dr. Emerson Ribeiro Castilho. A Professora Silvia trabalhou na sua pesquisa de doutorado organizando brilhantemente todo o arquivo da biografia do Padre Jesuíno escrita por Mário de Andrade entre 1942 e 1945.
 
Todas as obras do Padre Jesuino são tombadas pelo IPHAN e reconhecidas como Patrimônio Nacional e pelo CONDEPHAAT como Patrimônio Paulista e são consideradas como Herança Cultural da Sociedade Ituana. Será a primeira vez que esse conjunto de obras será apresentado em uma exposição museológica.
 
Na Estância Turística de Itu, por exemplo, as pinturas de estilo barroco do Padre Jesuíno do Monte Carmelo e de Almeida Júnior, dois expoentes da arte ituana e nacional, que ornamentam a igreja Matriz da Candelária, muito contribuíram para que ela tenha sido elevada à categoria de monumento nacional. A igreja é o ponto turístico que mais atrai visitantes na cidade.
 
Itu se destaca na cultura religiosa, pois não só abriga obras materiais, mas, também, obras imateriais como a música, especialmente a de estilo sacro que transitou na vida cultural da cidade nos últimos três séculos. Itu, que vai comemorar 412 anos de fundação, em 2 de fevereiro de 2022, é a cidade do interior paulista que preserva o maior conjunto de obras musicais dos séculos XVIII e XIX, no acervo do Museu da Música.
 
Jesuíno Francisco de Paula Gusmão (1764-1819) nasceu em Santos e passou toda a vida adulta em Itu, salvo o tempo em que estudou para ser ordenado padre, vivendo em São Paulo. Foi compositor, cantor, instrumentista, arranjador, além de pintor de obras de arte, escultor e como arquiteto, projetou a Igreja de N.S.do Patrocínio, em Itu.
 
07/01/2022
 
www.grandeitu.com.br
Raul Machado Carvalho - Editor
grandeitu@grandeitu.com.br