11 99231-6498
Language:
Apresentação
11 99231-6498
SIGA-NOS

Notícias

Tem início a Folia do Divino em Itu

No próximo dia 13 de maio, um domingo, Gilberto Romanatto, será o Alferes da Bandeira do Divino Espírito Santo, e a conduzirá durante o desfile que será realizado pelo Núcleo Cultural da Folia do Divino Espírito Santo de Itu. A caminhada partirá da sede do Museu da Música – Rua Floriano Peixoto, 480, subirá pela Rua Paula Souza e será encerrada na Praça Padre Miguel, o largo da Matriz.
 
O evento teve origem em Portugal nas primeiras décadas do século XIV pela Rainha Isabel (1271-1336) esposa do Rei D. Diniz (1261-1325). O marco inicial começou com a construção da Igreja do Divino Espírito Santo, em Alenquer.
.
A comemoração veio para o Brasil no século XVI e, praticamente, todas as cidades e vilas assumiram os festejos do Império do Divino que lembram aos católicos a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos de Jesus. Tornou-se muito popular pelas regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste do país.
 
A bandeira é um símbolo tradicional da festa. É enfeitada com fitas coloridas que são substituídas ano a ano. À medida que se caminha, durante o cortejo do Divino, as fitas ganham nós, feitos pelos que pedem graças ao Espírito Santo.
 
Por volta de 1950, a festa do divino em Itu, apresentava à população diversos carros de bois, totalmente enfeitados, preparados pelos sitiantes e fazendeiros para que as rodas das carroças fizessem o maior barulho possível.
 
Da Igreja do Carmo era possível ouvir o som assustador do desfile que começava na Estação do Trem e subia a Paula Souza até a Rua Barão do Itaim. Os melhores carros enfeitados e os mais barulhentos ganhavam prêmios especiais. Velhos tempos.
 
 
Foto - Aquarela de Miguelzinho Dutra - Festa do Divino - 1841
 
 
 



 
 
 
 
 











www.grandeitu.com.br
Raul Machado Carvalho – Editor
grandeitu@grandeitu.com.br